Como não ser “Aquele Cara”

Quase todo grupo de RPG tem “aquele cara”. Todos no grupo sabem quem “aquele cara” é, exceto “aquele cara”. Aqui estão várias dicas para evitar ser “aquele cara” do seu grupo:

  1. Não seja um advogado das regras. Muitas vezes Mestres mudam algumas regras para melhorar o jogo.
  2. Não diga para os outros jogadores como eles devem interpretar seus personagens.
  3. Não olhe para a ficha dos outros jogadores.
  4. Não olhe atrás do escudo do Mestre. Este lugar é sagrado e violadores levarão 5d10 de dano por tentar descobrir a vontade de deus.
  5. Metajogo é feio. Não faça metajogo.
  6. Minimize discussão fora do personagem, se estiver tentando convencer o grupo de algo, faça isso interpretando (Ver: Metajogo).
  7. Comentários fora de personagem também devem ser minimizados. Se o mestre colocou algo que você ache estranho ou ridículo, mantenha seus comentários para si mesmo, especialmente quando o mestre está falando.
  8. Não fale enquanto o mestre está falando.
  9. Não tente zoar o jogo com personagens estúpidos, a menos que esteja claro que a campanha não é séria.
  10. Procure saber o estilo da campanha e o estilo dos outros jogadores. Se você é o único powergamer em uma mesa de roleplayers, é melhor procurar outra mesa.
  11. Não reclame se coisas não estão indo a seu favor. Reclamar toda hora só estraga a diversão do resto do grupo.
  12. Não faça conversas paralelas. Se o mestre está fazendo uma cena com um jogador e você não está na cena, preste atenção.
  13. Sim, RPG te dá muita liberdade, mas isso não é razão para matar o NPC enquanto ele está tentando falar algo importante. Seu mestre trabalhou muito na campanha, respeite ele.
  14. Higiene é importante, não vá ao RPG se está sem tomar banho à uma semana.
  15. É importante se divertir, mas a mesa não é seu clube de comédia pessoal. Não tente ficar fazendo piadas com tudo que acontece.
  16. Respeite a atmosfera. Se o mestre está tentando dar um ar de tensão ao cenário, quebrar isso é como dar um tapa na cara do mestre.
  17. Escreva seus poderes e ataques. Ninguém quer esperar 5 minutos enquanto você procura os detalhes no livro.
  18. Se você tem que justificar alguma idiotice com “é o que o meu personagem faria”, você provavelmente não fez um personagem próprio para o grupo.
  19. RPGs normalmente são feitos para jogar em grupo. Um personagem “solitário e individualista” não só é um conceito velho e rodado mas também pode atrapalhar o grupo.
  20. Guerreiros não decapitam o grupo. Magos não amaldiçoam o grupo. Na mesma linha, ladinos não devem roubar do grupo.
  21. Se vocês forem comprar comida para o jogo, tente trazer dinheiro para ajudar.
  22. Ações tem consequências. Se você destrói um vilarejo enquanto canta cumbaiá, não fique surpreso quando a cidade manda um pelotão de soldados de elite atrás de você.
  23. O que acontece no RPG fica no RPG. Não leve a briga pra vida real se o Paladino do grupo decide matar seu Bruxo caótico maligno depois de te ver assassinando aldeões.
  24. RPG é sobre todos. Não tente ser o centro da atenção e fazer tudo na campanha ser sobre você.
  25. Quando você está jogando, largue o celular. Melhor ainda: desligue ele. Quando se está com amigos para jogar RPG, vamos jogar RPG, não ficar navegando no Facebook ou conversando no WhatsApp.

8 comentários

  1. Cara, acho que tenho que mudar de grupo, todos do grupo(isso me inclui um pouco) fazem pelo menos 3 itens dessa lista. Vejo que tenho muito que aprender ainda!

Deixe uma resposta para Jader Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *