Incentivando seus jogadores a fazer qualquer coisa

Um dos grandes desafios de quase todo mestre é conseguir incentivar os jogadores. “O que eu faço para meus jogadores interpretarem mais?”, “O que eu faço para meus jogadores falarem mais?”, “O que eu faço para meus jogadores se moverem pela dungeon sem parar pra descansar toda hora?”

A resposta para todas essas perguntas é a mesma: Oportunidade, Exemplo e Recompensas.

É claro, o verdadeiro primeiro passo para isso é garantir que os jogadores realmente querem fazer aquilo que você quer, e não só porque você quer que eles façam isso. Se os jogadores tiverem, por algum motivo, uma forte oposição à fazer aquilo que você quer, não adianta insistir. O resultado final será que ninguém vai se divertir.

Se tivermos passado neste primeiro teste, o segundo passo é oferecer aos seus jogadores oportunidade para fazer aquilo que você quer que eles façam. Se você quer que eles interpretem mais e sejam um pouco mais sociais, não adianta esperar que eles façam isso sozinhos assim que entrarem na cidade. Ofereça à eles uma oportunidade. Por exemplo, um nobre da cidade pode ter ouvido falar das aventuras deles, e os convidou para uma festa. Encaixe isso na sua história e pronto, você tem um evento que irá encorajar interpretação com o incentivo que isso irá mover a história para frente.

Terceiro, o mestre deve sempre liderar pelo exemplo. Se você está interessado em uma campanha com maior interpretação, mostre isso através dos seus NPCs e do seu mundo. Dê aos seus NPCs personalidades únicas e vozes diferentes, e faça sua história de modo que interação direta com esses NPCs seja necessária para avançar. Todo NPC deve ter no mínimo uma personalidade e uma motivação.

Quarto, o mestre tem um poder muito grande para motivar jogadores, e esse poder é: Recompensas. Que tipo de recompensas você, como mestre, pode oferecer?

  • Experiência. Este é o incentivo mais óbvio, mas por algum motivo o mais descartado ou esquecido. Se os jogadores fizerem algo bom, recompense eles com um pouco de experiência. “Olha, vocês interpretaram essa cena muito bem, tomem 1000 pontos de experiência cada!”
  • Itens. Este é um pouco mais difícil do que experiência porque é necessário um pouco de preparação para não parecer forçado, porém dar novo equipamento para seus jogadores é uma ótima forma de incentivo. “Vocês passaram por essa dungeon tão rápido sem descansar que os goblins não conseguiram mover o tesouro deles a tempo. Aqui, tome essa coisa pontuda e afiada novinha em folha.”
  • Recompensas interpretativas. Coisas como títulos, terra e favores não tem muito benefício em termos de mecânicas de jogo, porém eles fazem a party se sentir mais foda. “Vocês conseguiram não massacrar a cidade inteira sem razão alguma! O prefeito, extremamente grato, oferece à vocês uma parcela de terreno para construírem um QG.”
  • Outros bônus mecânicos. Uma coisa interessante que foi adicionada na 5ª edição de Dungeons & Dragons é a Inspiração. O mestre pode dar à um jogador um ponto de Inspiração como recompensa por boa interpretação. Coisas similares também podem ser usadas. “A rainha dos elfos está satisfeita que vocês não são um bando de munchkins. Ela faz alguns gestos com as mãos e uma luz cai sobre vocês. Vocês se sentem mais fortes. Pelo resto da semana vocês irão ter +1 para acertar ataques.”

E existem também algumas coisas que você pode fazer fora de jogo para ajudar seus jogadores:

  • Discuta o jogo com eles. Essa foi uma dica já repetida várias vezes no blog. Antes de começar sua campanha, sente com seus jogadores e discuta o tema do jogo que você quer fazer e veja se todos estão OK com isso. Nada vence de uma conversa franca e aberta. “Olha gente, eu quero fazer uma campanha focada em exploração e descobertas, e vou recompensar ações de acordo. Todos estão de boa com isso?”
  • Encorajamento. Pessoas gostam de ouvir o quão foda elas são. Se tem algum jogador fazendo alguma coisa boa, elogie ele. Ele irá se sentir bem e os outros jogadores poderão ter incentivo para tentar mais. “Ei Pedro, adorei suas descrições dos seus ataques, continue assim!”

Se tudo falhar, tente subornar eles com comida. “Gente, pelo amor de deus, parem de matar todos os vendedores! Se vocês conseguirem sair da próxima loja sem cometer um assassinato, eu compro pizza. OK?? Por favor???” Depois disso, procure outro grupo de jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *