Pathfinder ou 5e: Meio ano depois

Rapaz, meio ano se passou desde que eu escrevi o artigo sobre os motivos que levaram meu grupo a abandonar o D&D 5e pelo Pathfinder. Desde então, muita coisa aconteceu, tanto no nosso grupo quanto no universo das publicações de RPG, então acredito que essa é a hora perfeita para rever as coisas.

E então? Pathfinder ou 5e?

Depois de 6 meses jogando Pathfinder, ainda posso dizer com confiança que Pathfinder oferece possibilidades incríveis para a criação de personagens únicos. Durante esse tempo, tivemos ratos alquimistas, inquisitores de 3000 anos de idade e bonecos de pano com vida, tudo seguindo regras oficiais do sistema. Todos esses personagens tinham mecânicas únicas para suas habilidades, e completamente suportadas pelo jogo.

Então sim, Pathfinder ainda vence no quesito de customização, porém…

Durante esse tempo, nós também viemos a valorizar as mecânicas de jogo da quinta edição como altamente superiores. Como mestre, é meio desanimador quando você não consegue mais colocar desafios, já que quase todos os jogadores são perfeitamente capazes de rolar 30+ em testes a perícias. Enquanto louvamos Pathfinder pela quantidade de customização, jogar em um sistema como o 5e é simplesmente melhor e mais fácil tanto para jogadores quanto para mestres.

A resposta para essa pergunta então seria um sistema novo, que combina as forças de ambos os sistemas, e é ai que a maior novidade das últimas semanas entra.

No dia 12 de Janeiro, a Wizards oficialmente publicou a nova Open Gaming License, abrindo a quinta edição para criadores que querem utilizar o material criado pela Wizards para criar novo conteúdo. Além disso, ela criou a Dungeon Masters Guild, uma plataforma onde criadores podem publicar novo conteúdo. Em poucos semanas, a comunidade criou centenas de novas opções para o jogo.

Meu grupo está agora no processo de criar uma coleção do melhor conteúdo homebrew disponível junto com algumas regras da casa para melhorar o jogo para criar o D&D perfeito. Algo que combina a mecânica melhorada da quinta edição com a vasta quantidade de opções do Pathfinder. Nós estamos chamando esse projeto de Advanced Next, e esperamos poder publicá-lo em breve!

 

2 comentários

  1. Que bom que continuam com o blog/Site? Gosto muito dos itens “inusitados” para aventuras. Mas aproveitando. Queria saber se vocês possuem recomendações para um Mago de D&D 3,5 ? Sou iniciante mas já estou no 8 nível, juntamente com um Bárbaro e uma Ninja (minha esposa). Estou com dúvida em questão de talento, mais e mais, vejo que estou me tornando um coadjuvante do que alguem que ajuda ferrenhamente o grupo. Meus dados são literalmente horríveis. (quase sempre tiro 1) Chegando ao ponto de na hora de pagar o frete de comida e ao jogar o dado, mesmo a galera tirando 2 e 3 eles ficam tranquilos, pois eles sabem que o 1 vem. Ajudem esse mago elfo desesperado. Abraços!

  2. Muito legal parabens, é muito bom saber q existe gente que realmente compara os sistemas e tem genialidade para seguir em frente e trazer novos conteúdos a comunidade. Sou doido para experimentar o Pathfinder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *